Deus Ama Famílias

Texto: Flávia de Aguiar Mendonça | Foto: Amina Filkins


“Estas palavras, que hoje te ordeno, estarão em teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te e ao levantar-te” (Deut. 6:6-7).


Deus ama famílias. Está no DNA do Pai a multiplicação, desde a ordem do Jardim do Éden, do “crescei e multiplicai”. Há grande prazer na procriação - reproduzir outras pessoas que carregam muito mais que simplesmente nossas características físicas, mas também nossa visão de mundo, nossos ideais.


Ele mesmo quis ter filhos para si, e os comprou com o sangue do Seu próprio Filho Jesus.

A base da procriação é o amor. Filhos devem ser concebidos como frutos de uma relação sólida, e serem criados e desenvolvidos dentro da atmosfera amorosa de uma família estruturada onde a fonte primária do amor é, de fato, Deus.


Não há outra razão plausível para termos filhos além do amor. Se nosso interesse é suprir as necessidades sociais do casamento, ou preencher um vazio interior de algo ou alguém, estaremos inevitavelmente fadados ao fracasso enquanto pais ou mães, e provavelmente produziremos pessoas disfuncionais, algo tão comum em nossa sociedade atual.


Só daremos o amor que nossos filhos merecem se estivermos abastecidos do amor genuíno que vem do nosso Pai.

Você pode ter crescido em um lar cheio de problemas e não ter recebido esse tipo de amor; tudo bem! Existe uma forma de suprir isso: encontre-se com o Deus Pai que nutre um amor perfeito por você, filho amado.


Essas palavras precisam encontrar eco em seu coração: o Deus de toda glória te ama como FILHO, e quer se relacionar com você, para que você tenha amor de sobra para derramar sobre sua família.

Um recado para as mulheres que estão vivendo o momento da espera pelo bebê: aproveite a gestação para se relacionar mais profundamente com Deus como seu Pai. Afaste todas as mentiras de que você não é digna, que você não é merecedora. Sim, nenhuma de nós é. Mas Ele é amor! Ele não pode evitar te amar, porque esta é a natureza do nosso Deus! E qual será a resposta natural do nosso coração? Amá-lo também! “Nós amamos, porque Ele nos amou primeiro.” (I João 4:19).


Coloque como visão de vida viver a grande aventura de cumprir, na prática, o primeiro e o segundo mandamento (Mateus 22:37-39), e assim você será capaz de levar os da sua família a viverem o mesmo.


Aproveite a jornada!


Flavia de Aguiar Mendonça é médica ginecologista e obstetra. Casada com Rodrigo, mãe do Rodrigo e da Bianca. Autora do livro: "Experiência do Nascimento". Serve na Igreja Missionária em Ribeirão Preto - SP.