O Evangelho Através do Cinema

Entrevista com: Luz em Ação



A Associação Luz em Ação produz filmes e materiais audiovisuais para um público amplo e predominantemente não cristão.


Através de histórias contextualizadas na cultura de cada povo, o objetivo é provocar um anseio por conhecer a Verdade.


São missionários, voluntários e profissionais de diversas cidades e países, unidos para ver Cristo conhecido através do audiovisual.



Atualmente, a Luz em Ação possui uma sede no Rio Grande do Norte com um estúdio de pós-produção e uma oficina de produção de arte e cenário. A filial internacional é localizada em Dallas, Texas (EUA), além de parceiros de produção em diversos países do Oriente Médio e norte da África.



Conheça um pouco mais desse projeto tão relevante e desafiador nesta entrevista.

1. “Alcançar o mundo com o Evangelho através do Cinema”. Como surgiu essa ideia e como a Luz em Ação saiu do papel?


A ideia surgiu depois de observar projetos de ensino bíblico em ordem cronológica, que missionários estavam usando para alcançar povos indígenas. O ensino era visual, utilizando imagens impressas, a exposição do evangelho era muito clara e objetiva, pois começava no início da Bíblia, seguia pela Lei e profetas, ensinando temas fundamentais para a compreensão da obra de Cristo na Cruz.


Queríamos fazer algo em vídeo que fosse bem resumido, porém com conteúdo profundo, simples e com excelente qualidade. A parte mais importante já tínhamos, o conteúdo bíblico e um desejo de ver pessoas conhecerem a Cristo. Só não tínhamos o recurso financeiro e nem muita experiência com produção de cinema. Ao longo dos nove anos seguintes nós nos dedicamos a aprender produção audiovisual e a produzir a série Tetelestai.

2. Vocês são missionários, voluntários e profissionais de várias cidades (e até mesmo países). Quais foram os critérios para a formação dessa equipe?

Inicialmente éramos um grupo de amigos e familiares focados em produzir a série Tetelestai. A equipe foi se transformando em uma organização e crescendo com pessoas que tinham um chamado para usar seus dons e habilidades para Cristo e que foram enviadas por suas igrejas locais.


Hoje já temos uma equipe, na sua maioria formada de membros missionários, que servem integralmente na Luz em Ação e também voluntários.


Na área de produção audiovisual, estamos nos profissionalizando, visando elevar o nível de produção para que os novos filmes possam ter um alcance maior.



3. Quais são os maiores desafios em manter um DNA que anseia pela beleza sem desconsiderar a mensagem, o conteúdo?

Esse é um desafio grande, especialmente quando se trata de produção de filmes para alcançar os povos não alcançados. A grande maioria de filmes "cristãos" atingem principalmente públicos cristãos ocidentais.

A maioria dos povos não alcançados, porém, vive no Oriente Médio e Ásia, tem uma cultura e cosmovisão completamente diferentes, e pouco interesse ou até aversão em assistir filmes ou ensino cristão.


O cinema narrativo de curta e longa-metragem é um meio artístico extremamente efetivo em questionar e levantar perguntas.

No entanto, o filme narrativo não é tão eficaz em dar respostas claras. Estamos desenvolvendo alguns projetos de filmes "pré-evangelísticos" com o objetivo de criar perguntas chaves e anseios nos corações de audiências muçulmanas.


4. Qual é a essência dos projetos da Luz em Ação?

Os projetos da Luz em Ação são o Tetelestai e o Sepâh. Tetelestai é uma série de ensino bíblico contando a História Eterna da Redenção. Percorre histórias principais da Bíblia, desde a criação até a Ressurreição de Cristo. É muito eficaz em contextos de evangelização, pequenos grupos e discipulado. Usamos imagens cinematográficas, mas o conteúdo é de ensino bíblico na sua essência.


Sepâh é um curta-metragem narrativo sobre a igreja perseguida no Irã. É uma história inspirada em fatos reais. Foi produzida para edificar e engajar a igreja com o que Deus está fazendo entre nossos irmãos no Irã, onde talvez seja o local em que a igreja mais cresce no mundo atualmente.



5. Qual a maior dificuldade em realizar um projeto que envolve várias pessoas, culturas e locações totalmente diferentes?


Estamos em terreno desconhecido. Somos cristãos ocidentais tentando produzir cinema para audiências não cristãs no Oriente.


Grande parte dos projetos de mídia cristã nessa região alimenta principalmente audiências cristãs com ensino e pregação. A maioria dos não cristãos não acessam os canais e plataformas que disponibilizam mídia cristã.


Filmes narrativos que questionem a cosmovisão desse público são basicamente inexistentes. O maior desafio é produzir roteiros, em uma outra língua, que engajem essas audiências. Para fazer tudo isso acontecer, precisamos nos unir com parceiros criativos e cristãos da cultura local.


6. O público alvo da Luz em Ação são os povos não alcançados. O que, de fato, é um povo não alcançado?

Um povo não alcançado é um grupo de pessoas com cultura própria onde não há igreja local da própria cultura capaz de reproduzir sem ajuda externa. Geralmente são menos de 2% da população evangélica e menos de 5% cristã — no sentido mais abrangente do termo.


Atualmente, 42% da população do mundo se enquadra nessa definição. São mais de 3 bilhões de pessoas com acesso extremamente limitado ao evangelho. A vasta maioria habita na chamada “Janela 10/40” do mapa mundial.

7. Quais são as formas possíveis de apoiar os projetos?

Nossa equipe precisa das suas orações e de encorajamento. É nosso desejo andar na direção do Espírito em tudo que fizermos. Nossos membros também precisam levantar sustento financeiro para dedicar seus dons em tempo integral. As pessoas podem contribuir financeiramente para expandir o alcance da série Tetelestai e os novos filmes no nosso site.


Que o Senhor possa usar Sua igreja com todos os dons para a Sua honra e glória, e para que Cristo seja conhecido entre as nações.



 

Luz em Ação produz conteúdo audiovisual para alcançar os corações dos Povos Não Alcançados. Atualmente a sede fica em Parnamirim, RN.